Tamanho do texto

Bagdá, 11 mar (EFE).- Uma repórter iraquiana de um canal de televisão morreu na quarta-feira por disparos de soldados americanos, informou hoje o Sindicato de Jornalistas do Iraque em comunicado.

A nota não dá detalhes e diz apenas que o jornalista Asil al-Obeidi, do canal de televisão "Al-Degla", foi morto por tiros de uma patrulha do Exército dos Estados Unidos.

Segundo fontes policiais iraquianas, também morreu o marido da jornalista, que viajava com ela em um carro quando os soldados americanos abriram fogo no oeste de Bagdá.

Até o momento, o comando militar dos EUA no Iraque não confirmou o incidente. EFE am/rr

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.