A renda da Bolívia com a exportação de gás natural caiu 1,08 bilhão de dólares entre 2008 e 2009, especialmente pela redução das vendas ao Brasil, destacou um relatório da Câmara Boliviana de Hidrocarbonetos (CBH) divulgado nesta sexta-feira.

"A regularidade das exportações de 2008 se viu afetada com a brusca queda dos volumes exportados ao Brasil", disse a CBH, que em particular cita que em novembro deste ano o país exportou 29 milhões de metros cúbicos por dia (MMCD) e dois meses depois, 20 MMCD.

A CBH, que reune todas as companhias privadas estrangeiras operantes na Bolívia, disse que a partir daí as compras aparentemente entraram em uma montanha russa, com estabilidade em 20 MMCD, quando a média em 2008 esteve acima dos 30 MMCD.

A queda das exportações, que se somou à queda dos preços da energia no mercado internacional, reduziu os ingressos, de 3,158 bilhões em 2008 a 2,078 bilhões de dólares em 2009.

Segundo a CBH, as exportações de gás representam 42,6% da quantia global das vendas nacionais.

jac/lm

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.