O grupo automobilístico francês Renault apresentou ontem aos representantes de seus funcionários um projeto para suprimir 2 mil postos de trabalho em suas filiais na Europa, que se juntam aos 4 mil anunciados na França no início do mês. Desses 2 mil cortes, 900 devem acontecer na França e o restante em outros 15 países europeus.

De acordo com a empresa, ficarão sem empregos os assalariados das entidades comerciais das filiais européias, assim como as filiais da Renault na França. A Renault não deu números concretos sobre os cortes em cada país.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.