Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Renault anuncia aos sindicatos que cortará 2.000 postos de trabalho na Europa

Paris, 25 set (EFE).- O grupo automobilístico francês Renault apresentou hoje aos representantes de seus funcionários seu projeto para suprimir 2.

EFE |

000 postos de trabalho em suas filiais na Europa, que se juntam aos 4.000 anunciados na França no princípio do mês.

O comitê do grupo europeu da Renault foi convocado em Paris para que a direção lhe detalhasse este programa de redução de funcionários em 2.000 pessoas, 900 na França e 1.100 em cerca de 15 países europeus, explicou à Agência Efe uma porta-voz da empresa, que afirmou que não se trata de demissões.

Ficarão sem empregos os assalariados das entidades comerciais das filiais européias, assim como as filiais da Renault na França, informou a porta-voz.

A Renault não deu números concretos sobre quantos postos de trabalho desaparecerão em cada país, e em comunicado emitido ao final do comitê de grupo europeu se limitou a afirmar que para as filiais industriais as saídas serão com caráter voluntário, e nos comerciais e financeiros a redução será realizado pela não substituição dos funcionários que deixarem a empresa.

A reunião de hoje foi a oportunidade para discutir as condições de saída daqueles que aceitarem receber este plano, em particular as indenizações que possam receber.

O fabricante francês disse que "este plano é uma das medidas destinadas a garantir a competitividade da Renault e preservar sua capacidade de desenvolvimento a longo prazo diante de uma deterioração do entorno econômico" que "afeta totalmente o mercado automobilístico na Europa". EFE ac/fal

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG