Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Reino Unido: Trabalhadores financeiros protestam contra Partido Conservador

Birmingham (R.Unido), 1 out (EFE).

EFE |

- Trabalhadores com empregos mal remunerados no setor financeiro britânico fizeram uma manifestação hoje em frente ao congresso do Partido Conservador, para denunciar a suposta corrupção dos líderes da legenda, que aceitaram fundos de especuladores.

Várias dezenas de manifestantes convocados pelo sindicato Unite se reuniram em frente à sede do congresso em Birmingham (centro da Inglaterra), antes que o líder "tory", David Cameron, pronunciasse seu esperado discurso de encerramento.

"Queremos lembrar que há milhares de pessoas que trabalham na "City" de Londres e, em geral, no setor financeiro, que não recebem grandes bônus nem salários milionários, mas pelo contrário", disse à Agência Efe uma porta-voz sindical.

Usando máscaras de porco, os manifestantes levaram cartazes com frases como "Cameron corrupto" e "Os amigos de Cameron causaram a crise creditícia".

"Por que nós temos que pagar (com as demissões) enquanto os peixes gordos continuam recebendo números milionários?", perguntou um trabalhador do departamento de recursos humanos do banco Lloyds TSB, que não quis revelar seu nome por temer represálias.

Na segunda-feira, um programa do "Channel 4" revelou que o Partido Conservador recebeu milhões de libras de grandes especuladores da "City" e de multimilionários cujo domicílio tributário poderia estar em paraísos fiscais. EFE jm/an

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG