Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Reino Unido diz que emprestará US$ 412 milhões para GM

O governo do Reino Unido informou nesta sexta-feira que a divisão europeia da General Motors terá 300 milhões de euros (US$ 412,17 milhões) em empréstimos bancários, como parte de um pacote de ajuda dos governos europeus e dos EUA para a montadora. No início do mês, a GM disse que ampliaria o financiamento para a alemã Adam Opel e sua marca britânica Vauxhall para 1,9 milhão de euros (US$ 2,61 milhões) e reduziria seu pedido por ajuda estatal para menos de 2 bilhões de euros (US$ 2,75 milhões) antes de uma grande reestruturação em torno de suas operações deficitárias na Europa.

Agência Estado |

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=economia%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237561707631&_c_=MiGComponente_C

"Nós precisamos que a Vauxhall se fortaleça dentro da base industrial automotiva britânica e, na sequência de nossas negociações com a GM europeia, eu estou confiante de que ela irá fazê-lo", declarou o secretário de Negócios britânico, Peter Mandelson.

A montadora emprega perto de 48 mil trabalhadores na Europa, metade deles na Alemanha. A montadora planeja cortar 8.354 empregos na região, com a Alemanha correspondendo por cerca de 4 mil vagas, além de reduzir a capacidade de produção em 20%.

Além do Reino Unido, a GM está buscando ajuda governamental da Alemanha, Espanha, Polônia e Áustria a fim de ajudar a financiar a sua reestruturação. O plano de financiamento inicial da GM enfrentou ampla resistência política na Alemanha, uma vez que o país deverá responder pela maior fatia da ajuda estatal. As informações são da Dow Jones.

Leia mais sobre General Motors

Leia tudo sobre: general motorsmontadorasreino unido

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG