Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Reino Unido diz que cúpula de energia de dezembro será em nível ministerial

Londres, 29 out (EFE).- A cúpula internacional de energia proposta pelo primeiro-ministro do Reino Unido, Gordon Brown, para dezembro em Londres será realizada em nível ministerial e não de chefes de Estado e de Governo, confirmaram hoje fontes oficiais.

EFE |

O jornal britânico "The Times" informou na última terça que o rebaixamento do nível dos participantes se deveu ao possível boicote da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) a menos que o encontro contasse com a participação dos presidentes do Irã, Mahmoud Ahmadinejad, e da Venezuela, Hugo Chávez, e do líder da Líbia Muammar Kadafi.

No entanto, um porta-voz de Brown, citado pela agência de notícias britânica "PA", disse que a decisão de diminuir o nível da reunião se deve a que os chefes de Estado e de Governo terão a oportunidade de debater sobre petróleo na cúpula sobre a crise convocada para meados de novembro em Washington.

No lugar de Brown, será o novo ministro de Energia e Mudança Climática britânico, Ed Miliband, que presidirá a reunião, na qual participarão representantes de cerca de 40 países.

Brown anunciou seu plano de realizar em Londres uma cúpula de chefes de Estado e de Governo de países produtores e consumidores em 19 de dezembro como seguimento de outra realizada na cidade saudita de Jidá em junho deste ano.

O secretário-geral da Opep, Abdalla Salem El-Badri, disse ontem ao "Times" que o cartel boicotaria a reunião a menos que todos o chefes de Estado e de Governo dos 13 países-membros fossem convidados e acrescentou que alguns líderes não tinham recebido convite, mas não revelou quais. EFE ep/wr/fal

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG