Londres, 3 out (EFE).- O Reino Unido ampliará a garantia dos depósitos de poupança até 50 mil libras (63.

836 euros) para aumentar a confiança dos consumidores no setor bancário, anunciou hoje, em comunicado, a Autoridade de Serviços Financeiros (FSA, em inglês) britânica.

O aumento da quantia, que será efetivo a partir de 7 de outubro, ocorre depois que a Irlanda anunciou esta semana que garantirá 100% dos depósitos bancários das seis principais entidades financeiras do país, o que gerou preocupação no Reino Unido, diante de uma possível fuga de capitais com direção aos bancos irlandeses.

Até agora, o Reino Unido garantia até 35 mil libras (44.685 euros).

Com a nova medida, as contas de poupança compartilhadas até 100 mil libras (127.701 euros) estarão garantidas.

O diretor-executivo da FSA, Hector Sants, afirmou no comunicado que o aumento é "apropriado", devido à consolidação do setor e que está de acordo com a nova legislação bancária que o Governo levará ao Parlamento na próxima semana.

"O ministro da Economia deixou claro que as autoridades farão tudo o necessário para manter a estabilidade financeira e para proteger os poupadores", afirmou Sants.

A FSA afirmou que continuará as consultas sobre o assunto e não descartou novas reformas no futuro, entre elas um possível aumento do limite de garantia e da velocidade com a qual são pagas as compensações. EFE pdj/an

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.