Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Reguladora britânica suspende vendas a descoberto

Londres, 18 set (EFE).- A autoridade britânica de serviços financeiros (FSA) anunciou hoje a proibição temporária das chamada vendas a descoberto (Short Sale) devido às atuais condições do mercado.

EFE |

A venda a descoberto é um tipo de negociação em que o negociante vende um ativo que pegou por empréstimo, a espera de que seu preço caia, para então comprá-lo, e lucrar com a diferença de valor antes de devolvê-la de forma definitiva ao proprietário.

Em comunicado, a FSA disse que, a partir de meia-noite até o próximo 16 de janeiro, está proibida a criação ou aumento desse tipo de transação relacionada com empresas cotadas em bolsa.

Os analistas acreditam que este tipo de venda esteve por trás da queda do HBOS no mercado londrino, que acabou com a compra deste banco pelo Lloyds TSB, anunciada hoje.

A FSA obrigará também, a partir da próxima terça-feira, que se declare diariamente a posse de direitos para efetuar essas transações sempre que tenham um valor de mais de 0,25% do capital da bolsa das empresas envolvidas.

A medida tomada hoje pela FSA para devolver a confiança ao mercado sucede a outra similar tomada na quarta-feira pelo regulador americano de serviços financeiros, a Securities and Exchange Comission. EFE jm/rr

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG