Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Regulador de seguros chinês tomará medidas para se proteger da crise nos EUA

Pequim, 17 set (EFE).- O órgão regulador do setor de seguros na China afirmou hoje que tomará medidas para prevenir riscos em seu setor e, assim, se proteger da crise americana, intensificada pela quebra do banco de investimentos Lehman Brothers e pela incerteza sobre a seguradora AIG, a maior do mundo.

EFE |

A Comissão Reguladora de Seguros da China (CIRC, em inglês) afirmou que está analisando os eventos nos Estados Unidos e avaliando o impacto na China, para proteger de maneira efetiva os interesses dos compradores de seguros chineses.

O Lehman Brothers, o quarto maior banco de investimentos dos EUA, com ativos no valor de US$ 450 bilhões, declarou quebra na segunda-feira, enquanto o Merrill Lynch foi vendido ao Bank of America sob a pressão dos reguladores.

Segundo a CIRC, as duas principais filiais chinesas do AIG, resgatado por Washington, continuam suas operações normalmente e se mantêm estáveis. EFE mz/an

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG