Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Regra da Anac ignora inclinação de poltrona

A classificação das poltronas das aeronaves de acordo com a distância entre os assentos, definida anteontem pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), não resolverá todo o desconforto vivido por passageiros. Como a Anac mediu a distância entre as poltronas na posição vertical para fazer a tabela de classificação, a inclinação não foi considerada.

Agência Estado |

De acordo com o engenheiro mecânico Reinaldo Sebastião Silva, professor da Universidade Estadual Paulista (Unesp), o grau de inclinação deveria ser considerado. "Quando a poltrona da frente reclina, geralmente o passageiro fica preso."
Segundo o engenheiro, considerando a distância de 73 centímetros, definida como a faixa A, e uma altura de 70 cm para a poltrona, uma inclinação de 30° corresponde à diminuição de 10 a 15 cm de espaço para o passageiro de trás, na altura do joelho. "O que eles estão fazendo (selo) é bom, mas não vai resolver definitivamente todos os problemas de espaço e desconforto dentro de um avião", avalia o professor.

Segundo a Anac, a inclinação não foi levada em conta porque varia de acordo com o tamanho e o tipo de assento. O órgão optou por definir a distância com a poltrona na vertical porque essa é a posição em que todos os passageiros são obrigados a viajar nos momentos de pouso e decolagem. "Nas outras etapas do voo, depende de cada passageiro reclinar a poltrona total ou parcialmente", informou a Anac, em nota. "Medir as poltronas na vertical é uma forma de uniformizar a medida para todos."
Na Azul, a inclinação corresponde a 10,16 cm, medida semelhante à considerada por Silva como desconfortável. A Gol informou que as poltronas são configuradas para permitir ângulo máximo de inclinação de 102° e as poltronas localizadas à frente das saídas de emergência têm inclinação restrita, para não bloquear a saída.

A TAM informou apenas que a configuração interna das aeronaves "segue os padrões internacionais das empresas que prezam pela qualidade de serviço".

PREÇOS VARIADOS
Na Gol, a distância média entre as poltronas de aeronaves de classe única fica entre 76 cm e 81 cm. A empresa afirmou que na classe Comfort, disponível nos voos operados pela Varig para Aruba, Bogotá e Caracas, o assento do meio é bloqueado e os braços dos demais se expandem para dar mais conforto - são 16 lugares disponíveis.

A tarifa nessa classe, porém, é diferente, segundo a empresa, porque, "além de mais espaço e privacidade a bordo, a Comfort oferece bônus de 150% no acúmulo de milhas Smiles, serviço de bordo com mais opções de pratos quentes, entretenimento de bordo e embarque e desembarque prioritário".

A distância entre as poltronas dos jatos Embraer 190 e 195, da frota da Azul, é de 79 cm. Nas cinco primeiras fileiras há o Espaço Azul, em que a distância entre poltronas é de 86 cm e o passageiro paga R$ 20 a mais pelo assento, por trecho. A companhia informou que não pretende fazer mudanças na estrutura da frota.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG