Washington, 12 jul (EFE).- O senador republicano Scott Brown anunciou hoje que apoiará o projeto de lei de reforma financeira nos Estados Unidos, dando, assim, os votos suficientes para a aprovação de uma das grandes iniciativas do Governo Barack Obama.

Washington, 12 jul (EFE).- O senador republicano Scott Brown anunciou hoje que apoiará o projeto de lei de reforma financeira nos Estados Unidos, dando, assim, os votos suficientes para a aprovação de uma das grandes iniciativas do Governo Barack Obama. No comunicado em que informa da decisão, o senador ressalta que o plano "não é perfeito", mas merece apoio por tentar impedir novas crises, garantir a proteção dos consumidores e não incluir novos impostos. Brown é o segundo senador republicano a dar o "sim" à reforma, depois que Susan Collins anunciasse que faria o mesmo. A maioria democrata precisa de 60 votos para a aprovação do projeto na Casa. Ainda não se sabe quando o Senado votará a maior reforma financeira nos EUA desde os anos 1930. A tendência é que os democratas adiam a votação, que deveria acontecer esta semana, à espera de que seja preenchida a vaga deixada pela morte recente do senador Robert Byrd. Com o apoio do substituto de Byrd e desses dois republicanos, os democratas teriam os 60 votos necessários. A Câmara de Representantes aprovou a medida em junho com o apoio de três republicanos. EFE mv/rr

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.