Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Refinadoras chinesas de petróleo registram perdas de US$ 17,58 bilhões

Pequim, 6 nov (EFE).- As companhias refinadoras chinesas de petróleo superaram os US$ 17,58 bilhões em perdas durante os nove primeiros nove meses de 2008, segundo um relatório da Associação de Indústria Petroquímica da China publicado hoje pela agência oficial Xinhua.

EFE |

A instabilidade financeira e a recessão econômica no mundo tiveram um impacto negativo na indústria petroquímica chinesa, destacou o documento elaborado pela associação.

Feng Shiliang, representante da associação, afirmou que a piora da crise financeira desde setembro, limita o crescimento da produção e o valor da mesma nos setores químico e petroleiro, e origina uma drástica queda dos preços, o que reduz seu lucro.

A fraca demanda fez aumentar as reservas e cair os preços, e as perspectivas econômicas negativas também contribuíram para a falta de confiança no mercado.

Dos 168 tipos de produtos que a associação supervisiona, 106 deles registraram quedas em setembro, incluindo adubos, pesticidas, plásticos e borracha.

O crescimento do investimento no setor de matérias-primas químicas foi grande, o que pode causar excessiva capacidade de produção no futuro, disse Feng.

"Para manter um desenvolvimento estável, é necessário seguir as políticas de controle macroeconômico do Governo central e aplicar medidas ativas", concluiu Feng. EFE pc/an

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG