Tamanho do texto

Brasília, 21 - O governador do Mato Grosso, Blairo Maggi, afirmou hoje que a liberação adicional de recursos para o plantio da safra 2008/09 não favorece os produtores de soja. Segundo ele, a época de plantio das lavouras já foi.

"Quase 50% da safra está em andamento", disse o governador do principal Estado produtor de soja do País.

Após reunião com o ministro da Agricultura, Reinhold Stephanes, o governador sinalizou que o plantio de soja é um risco a partir de agora. "Se o produtor for ao banco hoje, pedir o financiamento, esperar todo o trâmite para receber as parcelas e daí comprar os fertilizantes e agroquímicos, já estaremos em dezembro", afirmou. "Em dezembro não é época de plantio de soja. A produtividade pode ser menor, o que é um grande risco", completou. Ele lembrou ainda que o produtor já tomou uma decisão sobre o plantio de soja.

Maggi disse, no entanto, que a liberação de recursos adicionais para a agricultura favorece os produtores de algodão. A liberação adicional foi anunciada ontem, em São Paulo, pelo Ministro da Fazenda, Guido Mantega. A liberação depende de uma decisão do Conselho Monetário Nacional (CMN), que, segundo o ministro, vai elevar a alíquota da poupança rural, que é direcionado para a agricultura, de 65% para 70%.

Esse dinheiro, segundo o governador, pode permitir a "reversão de 100% do problema atual dos produtores de algodão do Estado". Essas lavouras são plantadas a partir de dezembro e a principal dificuldade dos cotonicultores é conseguir recursos para as operações de Adiantamento de Contrato de Câmbio (ACC).

O governador também falou sobre o plantio da safrinha de milho no ano que vem. Segundo ele, os preços internacionais e as cotações do mercado interno estão "bem no vermelho". De acordo com Maggi, o dinheiro que o governo está anunciando agora pode ajudar no plantio das lavouras de inverno, desde que o governo adote uma política de seguro de renda e de preços.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.