Tamanho do texto

A Justiça de São Paulo aceitou o pedido de recuperação judicial da exportadora de soja Agrenco. O pedido foi feito no final de agosto, depois que as negociações para a venda da empresa fracassaram.

Agora, a Agrenco tem um prazo de 60 dias para apresentar seu plano de recuperação.

A empresa passa por uma grave crise econômica, que se agravou a partir de junho, quando a Polícia Federal prendeu três dos principais executivos do grupo, acusados de desvio de recursos. O grupo tem dívidas de cerca de R$ 2,5 bilhões.