Tamanho do texto

O governo terá que modificar consideravelmente sua previsão oficial para a expansão deste ano

A recuperação da Alemanha irá continuar no segundo semestre do ano, mas em um ritmo mais ameno conforme desacelera a demanda global, disse o Ministério das Finanças em seu relatório mensal divulgado nesta sexta-feira.

O governo terá, então, que modificar consideravelmente sua previsão oficial para a expansão deste ano, que atualmente é de 1,4%, acrescentou o documento.

Na véspera, o banco central previu um crescimento em torno de 3% para 2010, acima do prognóstico anterior de 2%, ficando mais em linha com o mercado.

"Os indicadores econômicos mensais apontam um início positivo da economia alemã no terceiro trimestre", disse o ministério, acrescentando que a expansão é generalizada, com consumo privado e investimento em alta, assim como as exportações.

"Ainda assim, o impulso econômico deverá ser considerado menos forte no segundo semestre do ano que no primeiro."

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.