Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Recessão na zona do euro é confirmada; BCE prepara corte de juro

Por Jan Strupczewski BRUXELAS (Reuters) - A queda dos investimentos e um desempenho mais fraco do comércio fez com que a economia da zona do euro se contraísse no terceiro trimestre, mostraram dados divulgados nesta quinta-feira.

Reuters |

Os números confirmam a primeira recessão do bloco, ao mesmo tempo em que o Banco Central Europeu (BCE) se reúne para discutir um novo corte de juro.

A agência de estatísticas da União Européia, a Eurostat, confirmou estimativa feita anteriormente de que a economia dos 15 países que adotam o euro como moeda encolheu 0,2 por cento entre julho e setembro em relação ao trimestre anterior, após uma queda de 0,2 por cento nos três meses anteriores.

A Eurostat também revisou para baixo a estimativa anual para o terceiro trimestre para crescimento de 0,6 por cento, ante 0,7 por cento.

"É somente um prelúdio de uma séria recessão, sendo que dois dos meses, julho e agosto, foram antes da crise real estourar. Nós esperamos um corte de 75 pontos-base do BCE hoje", disse Holger Schmieding, economista do Bank of America.

Nas últimas semanas o BCE deu fortes sinais de que cortará a taxa nesta quinta-feira, mas não deu pistas sobre qual será o tamanho do corte.

Mercados esperam uma redução de, pelo menos, 0,50 ponto percentual na sua principal taxa de refinanciamento, para 2,75 por cento, para ajudar a evitar uma prolongada recessão à medida que a inflação cai rapidamente. A taxa pode ser reduzida ainda mais.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG