Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Recessão econômica atual será a pior desde 1930, diz Greenspan

NOVA YORK - O ex-chairman do Federal Reserve dos Estados Unidos Alan Greenspan disse na terça-feira que a atual recessão global será certamente a mais longa e profunda desde a década de 1930 e mais fundos de resgate do governo são necessários para estabilizar o sistema financeiro do país.

Reuters |

"Para estabilizar o sistema bancário norte-americano e restabelecer os empréstimos, fundos TARP adicionais serão necessários", afirmou Greenspan em um discurso ao Economic Club de Nova York. O programa TARP do Tesouro dos Estados Unidos, projetado para ajudar bancos em risco, tem sido parcialmente bem sucedido, segundo ele.

Apesar do prognóstico de Greenspan sobre o atual declínio, ele disse que o ritmo de deterioração econômica "não pode persistir indefinidamente".

Ele reiterou, entretanto, que a recuperação imobiliária é uma condição necessária para o fim da crise financeira, e acrescentou que "a expectativa de preços imobiliários estáveis continua a muitos meses no futuro".

O mercado acionário, todavia, está sendo surpreendido por "um grau de medo não visto desde o começo do século 20", declarou Greenspan. "Certamente por meio de qualquer medida histórica, os preços das ações mundiais estão baratos. Mas como a história também aponta, eles podem ficar muito mais baratos antes de voltarem".

Uma recuperação do mercado acionário conduzida pela diminuição dos temores pode ser "um produtivo ponto de mudança da atual crise", afirmou.

Citando a experiência japonesa em 1990, Greenspan disse que as autoridades dos Estados Unidos precisam garantir a reparação do sistema financeiro antes que importantes estímulos fiscais sejam estabelecidos.

Leia mais sobre: Alan Greenspan

Leia tudo sobre: greenspan

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG