As empresas terão de informar na Declaração do Imposto sobre Renda Retido na Fonte (Dirf) a parcela retida referente à previdência privada paga pelo empregado. Essa informação não era obrigatória.

As empresas terão de informar na Declaração do Imposto sobre Renda Retido na Fonte (Dirf) a parcela retida referente à previdência privada paga pelo empregado. Essa informação não era obrigatória. A mudança foi incluída na Instrução Normativa 1.033, publicada no Diário Oficial da União. A medida visa a ampliar o controle dessas despesas, que são um dos focos de sonegação do IRPF.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.