Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Receita com IOF recua 5,7% em setembro ante agosto

BRASÍLIA - Embora acumule alta de 165,42% no ano sobre o período anterior, a arrecadação do governo com o Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) registrou queda de 5,7% em setembro perante agosto, indicando uma redução na demanda por crédito bancário. Dados divulgados hoje pela Super Receita apontam que, no mês passado, o recolhimento de IOF ficou em R$ 1,8 bilhão, enquanto em agosto atingiu R$ 1,91 bilhão (valor nominal). A variação nominal mensal ante setembro de 2007 foi um crescimento de 164,94%, já que a arrecadação, à época, foi de R$ 682 milhões. Ocorre que o governo elevou as alíquotas de IOF em janeiro de 2008, para compensar a perda de receitas com a extinta CPMF.

Valor Online |

O efeito da cobrança maior ao contribuinte fica claro no volume que ingressou nos cofres públicos entre janeiro e setembro. A arrecadação com o imposto somou R$ 15,02 bilhões, uma elevação nominal de 165,42% ante os R$ 5,66 bilhões recolhidos em igual período de 2007.

Além do aumento de alíquota, colaborou para elevar a receita com IOF a expansão dos empréstimos bancários, que até agosto registrava taxas anuais superiores a 30%.

(Azelma Rodrigues | Valor Online)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG