Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Receita com exportação de suínos cresce 39,5% até outubro

São Paulo, 10 - A receita cambial com exportação de carne suína apresentou elevação de 39,47% nos primeiros dez meses deste ano em comparação com mesmo período do ano passado. O setor faturou US$ 1,326 bilhão, ante US$ 950,715 milhões em 2007.

Agência Estado |

Os resultados foram divulgados hoje pela Associação Brasileira da Indústria Produtora e Exportadora de Carne Suína (Abipecs).

Em contrapartida, houve redução de 3,91% no volume embarcado no período. O Brasil exportou 470.869 toneladas ante 490.046 toneladas no ano passado. A redução em volume foi compensada pela elevação de 45,15% no preço médio, que subiu de US$ 1,894 mil para US$ 3,079 mil.

A Rússia é o principal destino da carne suína brasileira. Em termos de receita cambial, os russos representam 51,01% (US$ 676,430 milhões), seguidos de Hong Kong, com 15,61% (US$ 207,008 milhões) e Ucrânia, com 9,85% (US$ 130,587 milhões).

Com relação ao volume embarcado, os três principais destinos são respectivamente os mesmos: a Rússia participa com 43,26% (203.685 t), seguida de Hong Kong, com 19,91% (93.751 t) e Ucrânia, com 10,18% (47.942 t).

Em outubro, apesar da crise financeira internacional, que implicou grande volatilidade do câmbio, trazendo muita incerteza quanto ao comportamento do real, houve apenas uma pequena queda das exportações brasileiras de carne suína, de 6,65% em toneladas, em relação a outubro de 2007. Em valor, porém, o crescimento foi de 51,72%, comparado ao do mesmo mês do ano passado.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG