São Paulo, 02 - A receita com as exportações de carne bovina teve uma forte queda em janeiro. Dados divulgados hoje pela Secretaria de Comércio Exterior mostram que no mês passado as vendas externas de carne bovina renderam ao País US$ 168,5 milhões, desempenho 53,8% inferior ao mesmo período do ano passado.

Em volume, os embarques de carne bovina recuaram 38,4% no mesmo período, passando de 91,9 mil toneladas em janeiro de 2008 para 56,6 mil toneladas no mês passado.

A forte queda na receita das exportações se deve à desvalorização da carne bovina no mês passado. Em janeiro deste ano, o preço médio da tonelada foi de US$ 2.977,03, valor 25% inferior ao registrado em janeiro do ano passado e 14,5% menor do que o registrado em dezembro de 2008. As exportações de janeiro deram continuidade ao que foi observado em dezembro. Na comparação com o último mês de 2008, as vendas externas de carne bovina caíram 21,4% em receita e 8,1% em volume.

No caso da carne de frango, as exportações brasileiras do mês passado trouxeram ao Brasil uma receita de US$ 338,4 milhões, resultado 10,9% inferior a janeiro de 2008 e 5,7% menor do que a receita de dezembro do ano passado. Em volume, no entanto, as vendas externas de janeiro de 2009 somaram 244,5 mil toneladas, número que supera em 1,03% o resultado do mesmo período do ano passado e é 1,6% maior do que os embarques de dezembro.

O destaque positivo do mês fica por conta da carne suína. O setor registrou uma receita com exportações de US$ 71 milhões, 15,8% a mais do que em janeiro do ano passado e 7,3% acima do resultado de dezembro de 2008. O volume de carne suína embarcada em janeiro foi de 33,7 mil toneladas, 33,2% maior do que o mesmo mês do ano passado e 30,6% superior ao resultado de dezembro.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.