São Paulo, 13 - A receita cambial com exportação de café torrado e moído teve elevação de 33,42% em 2008, em relação ao ano anterior. Os industriais faturaram US$ 35,627 milhões, em comparação com US$ 26,702 milhões em 2007, conforme relatório divulgado hoje pela Secretaria de Produção e Comercialização, do Ministério da Agricultura, com base em números da Secretaria de Comércio Exterior (Secex), do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior.

O País exportou no período 6.659 toneladas, com aumento de 20,96% em relação ao ano anterior (5.505 t). O preço médio da tonelada no período ficou em US$ 5.350/t, ante US$ 4.850/t, representando aumento de 10,30%.

Segundo o relatório, os Estados Unidos foram o principal do destino do café processado brasileiro, com aumento de 29,68% no período, em termos de receita. O segundo principal mercado foi a Itália, com aumento de 13,16%. A Argentina, terceiro principal mercado, apresentou aumento de 77,89% e o Japão é o quarto mercado, com aumento de 80,11%.

O crescimento da receita foi significativo, em termos porcentuais, para Espanha (864,29%), Arábia Saudita (528,57%), Coreia do Sul (495,83%) e Portugal (162,79%). Em compensação, a Alemanha foi o único dos principais destinos a apresentar recuo, em termos de receita: -19,19%.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.