Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Raupp: conselho político terá reunião sobre o pré-sal

O Conselho Político de governo, formado pelos presidentes e líderes de partidos que apóiam o governo, se reunirá na quinta-feira da próxima semana para discutir a proposta de criação de uma empresa exclusivamente estatal para explorar petróleo na camada pré-sal, informou o líder do PMDB no Senado, Valdir Raupp (RO). A idéia da reunião foi apresentada pelo ministro das relações institucionais, José Múcio, ao argumentar que há muita dúvida e muita cobrança dos políticos em torno da idéia.

Agência Estado |

Segundo Raupp, a ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, irá participar do próximo encontro.

O líder informou que o ministro da Fazenda, Guido Mantega, pediu, em reunião do Conselho hoje, apoio para a rápida tramitação do projeto que cria o Fundo Soberano do Brasil, instrumento que terá um capital de R$ 14 bilhões. Também foi discutida na reunião proposta referente à dívida ativa da União. A reunião do Conselho Político prossegue no Palácio do Planalto.

Ministros

O grupo interministerial que discute o novo marco regulatório para o pré-sal deverá se reunir novamente nesta semana, informou o ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Miguel Jorge. Ele disse que na reunião de hoje foram apresentados estudos sobre vários fundos soberanos existentes no mundo, inclusive o do Chile, que é financiado com as receitas da exploração do cobre. "Todos eles são como jabuticaba. Um é diferente do outro porque houve razões diferentes para a criação desse fundo", disse.

Segundo Miguel Jorge, durante o encontro, foi apresentado um detalhamento maior sobre o fundo da Noruega alimentado com recursos provenientes do petróleo. Questionado se este poderia ser o modelo a ser adotado pelo Brasil, o ministro comentou: "Pode ser. Acho um modelo interessante".

Ele comentou ainda que, pela leitura dos jornais, acredita ser uma tendência a criação de uma nova empresa estatal para gerir as reservas do pré-sal. Segundo ele, a reunião do grupo interministerial hoje não tomou nenhuma decisão, tendo sido apenas informativa.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG