Tamanho do texto

O presidente de Cuba, Raúl Castro, promoveu entre investidores estrangeiros projetos de prospecção e exploração de recursos minerais, como ouro, prata, cobre, zinco e chumbo, segundo uma nota publicada na Gazeta Oficial.

No acordo Política Mineira de Cuba, assinado por Raúl Castro em julho e recém-publicado na Gazeta, o governo se dispôs a "promover e avaliar projetos associados para o desenvolvimento de Contratos de Risco para a prospecção e exploração geológica de ouro, prata, cobre, chumbo, zinco e outros minerais metálicos e não metálicos".

O acordo inclui também "qualquer outra modalidade para a exploração e processamento de minerais" com investidores estrangeiros, em associação com o Estado cubano, acrescento o texto.

Também favorece a colaboração internacional em matéria de mineração "priorizando as iniciativas como parte da Alternativa Bolivariana para as Américas, Alba", aliança econômica entre Cuba, Venezuela, Bolívia e Nicarágua, à qual se incorporou recentemente Honduras.

cb/dm

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.