Caracas, 9 dez (EFE) - O presidente cubano, Raúl Castro, irá à cúpula da Alternativa Bolivariana para as Américas (Alba) e da Petrocaribe que será realizada no domingo em Caracas, informou hoje o ministro da Informação venezuelano, Jesse Chacón.

"Até agora está previsto que (Raúl Castro) assista à cúpula de Alba-Petrocaribe; é a última informação que temos", afirmou o ministro em sua primeira entrevista coletiva após substituir Andrés Izarra no cargo.

A viagem à Venezuela seria a primeira ida ao exterior de Castro, de 77 anos, desde que substituiu na Presidência seu irmão Fidel, que deixou o cargo em julho de 2006.

Durante um encontro extraordinário da Alba realizado em Caracas em 26 de novembro, o presidente venezuelano, Hugo Chávez, anunciou que na reunião de 14 de dezembro seriam adotadas medidas para enfrentar a crise financeira internacional.

A Petrocaribe é uma iniciativa lançada por Chávez em 2005, integrada até agora por 18 países da região, a fim de eliminar a intermediação na cadeia de distribuição do petróleo e derivados, e facilitar as condições de financiamento e as formas de pagamento da energia das empobrecidas economias caribenhas.

Chávez também promoveu a Alba em contraposição à Área de Livre-Comércio das Américas (Alca), proposta pelos Estados Unidos, e tem como membros Nicarágua, Bolívia, Cuba, Honduras e Dominica, além da Venezuela.

Além disso, Chacón disse que o governante venezuelano deve participar da 1ª Cúpula da América Latina e do Caribe, que será realizada em Costa do Sauípe (BA) entre 16 e 17 de dezembro e na qual participarão 33 países. EFE afs/db

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.