O Plano Nacional de Habitação, lançado nesta quarta-feira pelo Governo Federal, prevê um total de R$ 1 bilhão para refinanciamento de prestações em casos de perda de renda. Para as famílias com renda entre três e cinco salários mínimos, o número de prestações garantidas pode chegar a 36.

Já para quem tem renda entre cinco e oito salários mínimos, o total de prestações é de 24, e para famílias com renda entre oito e dez salários mínimos, 12 prestações.

O pacote prevê ainda a quitação do financiamento pela União em casos de morte e invalidez permanente do mutuário, além de custeio de reparação de danos físicos ao imóvel. O total de recursos destinados para a medida é de R$ 1 bilhão.

O programa "Minha Casa, Minha Vida", que prevê 1 milhão de moradias construídas, estará em operação a partir do 13 de abril.


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.