O secretário-executivo de Petróleo e Gás do Ministério de Minas e Energia, José Lima de Andrade, disse hoje que alguns blocos que seriam oferecidos na 10ª Rodada de Licitações da Agência Nacional do Petróleo (ANP) em dezembro, deverão ser retirados por questões ambientais. Ele não especificou quantos blocos serão cortados, mas disse que esta redução se deve a uma divergência entre o órgão ambiental do Estado e o Ibama.

Os blocos que serão cortados estão localizados na Bacia do Parecis, localizada em Mato Grosso, que vai estrear em um leilão da ANP nesta edição. "A questão é que o órgão ambiental de Mato Grosso havia entendido que os blocos poderiam ser licitados, mas quando o Ibama realizou sua avaliação, percebeu que a área estava localizada próxima a um parque nacional", disse.

Segundo ele, os últimos detalhes do edital da 10ª rodada estão sendo concluídos e a sua publicação pode ser esperada para os próximos dias.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.