Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Quem torce contra a Petrobras torce contra o Brasil, afirma ministro

BRASÍLIA ¿ O ministro da Comunicação Social, Franklin Martins, criticou nesta sexta-feira as insinuações de que a Petrobras esteja passando por dificuldades diante da crise financeira internacional. A estatal fez um empréstimo de R$ 751 milhões do Banco do Brasil no último dia 23 de outubro e recorreu à Caixa Econômica Federal (CEF), em 31 de outubro, para conseguir R$ 2 bilhões para ser usado como capital de giro.

Carollina Andrade - Último Segundo/Santafé Idéias |

 

"A avaliação do governo é de que estes boatos são mero terrorismo. As pessoas precisam ser mais pé no chão. A Petrobrás é uma empresa boa e é o orgulho do Brasil. Quem torce contra a Petrobras torce contra o Brasil e vai se dar mal, ressaltou o ministro.

Fontes do governo avaliaram ainda que empréstimos como este são perfeitamente normais entre empresas. De acordo com auxiliares do Planalto, a Petrobras adotou procedimento semelhante pelo menos 20 vezes só neste ano.

Ontem, o Senado aprovou requerimento para que os presidentes da Petrobras, CEF, Banco do Brasil e Banco Central prestem esclarecimentos sobre os empréstimos. O objetivo é saber se a maior companhia do País está em dificuldades financeiras.

CMN

O Conselho Monetário Nacional (CMN) decidiu ontem retirar totalmente os limites impostos a Petrobras na obtenção de empréstimos no sistema financeiro doméstico. Até então, o conselho limitava a captação da empresa no Brasil a R$ 13,6 bilhões: R$ 8 bilhões diretamente para a Petrobras.

A medida foi bem recebida pela estatal do petróleo, que está em fase final de elaboração de seu plano de negócios para o período de 2009 a 2013, no qual vai apresentar projetos e volumes de investimentos.

Leia também:

Leia tudo sobre: petrobras

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG