Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Queda no preço dos alimentos desacelera alta do ICV, diz Dieese

SÃO PAULO - O Índice de Custo de Vida (ICV) apurado na cidade de São Paulo subiu 0,14% em setembro, conforme divulgou hoje o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese). Este resultado mostra uma desaceleração de 0,18 ponto percentual na comparação com a alta de agosto, quando o ICV ficou em 0,32%.

Valor Online |

A forte queda nos preços do grupo Alimentação (-0,41%), explicada pelo recuo no preço internacional das commodities, foi a principal influência para atenuar a pressão inflacionária no período. O recuo do índice foi determinado pelas variações de preços de produtos in natura, como Raízes e Tubérculos (-8,81%) e Legumes (-6,17%), além dos industrializados, leite longa vida (-7,29%), óleos (-3,50%), trigo (-2,69%) e leite em pó (-2,18%).

O grupo Vestuário (-0,16%) também permaneceu em território negativo contribuindo para contrabalançar as altas de preço verificadas em Habitação (0,65%), puxada pelo reajuste da tarifa de água e esgoto (3,83%); em Despesas Pessoais (1,39%), que contou com a influência do aumento do cigarro (3,71%); e também do grupo Transporte (0,26%), pressionada pelo aumento do álcool (1,97%). Nos demais grupos, a inflação medida pelo Dieese foi de 0,11% em Saúde, 0,27% em Equipamento Doméstico, 0,05% em Educação e Leitura, e deflação de 1,05% no grupo Recreação.

No período de 12 meses encerrados em setembro de 2008, o custo de vida em São Paulo acumula alta de 6,79%, conforme o cálculo do Dieese. Na avaliação dos nove primeiros meses deste ano, a inflação acumulada é de 5%.

(Valor Online)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG