Tamanho do texto

A Venezuela e seu projeto socialista continuarão avançando, mesmo que o barril de petróleo se mantenha em 50 dólares, ou menos, disse o presidente Hugo Chávez, neste domingo, após depositar seu voto para as eleições regionais e municipais.

"Mesmo que os preços se mantenham em 50 dólares, ou menos, a economia venezuelana, essa nação e essa pátria continuarão sua marcha. Nada deterá a marcha da Venezuela e a construção do projeto socialista venezuelano", frisou Chávez.

O presidente comentou que sua maior preocupação, nesse momento, não é com o preço do petróleo, mas com as respostas que devem ser dadas à crise financeira global.

"Eu estava mais preocupado quando (o petróleo) estava em 150, e não em 50 dólares. A 150, todos os países da América Central e do Caribe estalavam e não me parece justo que nós recebêssemos um preço que não corresponde a qualquer tipo de racionalidade econômica", completou.

bl/tt

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.