A taxa de desemprego caiu de modo totalmente inesperado em novembro, ficando em 10%, nos EUA, segundo dados publicados nesta sexta-feira.

A redução de postos de trabalho praticamente voltou ao equilíbrio, com 11.000 demissões líquidas, dez vezes menos que em outubro.

A perda de empregos em novembro foi a mais baixa desde dezembro de 2007, mês em que o país entrou em recessão.

O departamento de Trabalho, que publica as estatísticas oficiais de emprego, revisou em baixa os dados de cortes de postos de trabalho em outubro, que haviam surpreendido por sua alta, colocando a taxa de desemprego em 10,2% nesse mês.

O departamento anunciou, agora, que a economia perdeu 111.000 empregos em outubro (e não 190.000 postos).

A economia americana parece assim se aproximar cada vez mais rapidamente do momento em que criará novamente mais empregos dos que perde, segundo a recente previsão do Federal Reserve, que antecipou que isto pode acontecer a partir de janeiro.

mj/lm

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.