Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Queda do petróleo dá impulso às Bolsas americanas

As Bolsas norte-americanas operam com altas expressivas nesta terça-feira, na esteira da queda do petróleo e da melhora da confiança do consumidor norte-americano em julho - de acordo com o Conference Board, a confiança subiu a 51,9 neste mês, de 51 no mês passado. A alta do dólar ante o euro também é positiva para as bolsas, mas as tensões no setor financeiro persistem.

Agência Estado |

Às 16h14, o índice Dow Jones subia 1,75%, o Nasdaq avançava 2,07% e o S&P 500 operava com ganho de 1,66%.

No mesmo horário, o índice Bovespa registrava alta de 1,19% a 57.546 pontos, com volume financeiro de R$ 3,79 bilhões.

No pregão regular da Bolsa Mercantil de Nova York (Nymex, na sigla em inglês), o barril de petróleo com vencimento em setembro fechou com queda de US$ 2,54 (-2,04%), a US$ 122,19. O declínio da commodity dá impulso a papéis do setor automotivo e de transportes, caso de GM. As ações da montadora subiam 4,77% e lideravam os ganhos entre as ações que compõem o índice Dow Jones.

UAL Corp, controladora da United Airlines, disparava 19,69% e AMR Corp, que controla a American Airlines, avançava 15,75%. Além do petróleo em queda, o anúncio de que a British Airways e a espanhola Iberia negociam fusão também pode beneficiar a American Airlines, que deve anunciar parceria com a aérea britânica. As informações são da Dow Jones e de agências internacionais.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG