Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Queda de ações na Bolsa ameaça fusão entre British Airways e Iberia

A queda do valor das ações da British Airways, cuja capitalização financeira já é inferior à da Iberia, ameaça o projeto de fusão entre as duas companhias aéreas, advertiu o diretor geral da empresa britânica, Willie Walsh, em entrevista ao jornal Financial Times deste sábado.

AFP |

"A atual valorização é inaceitável. Nossos acionistas não a aceitarão", indicou Walsh. A ação da Iberia "se comportou bem recentemente. Eu diria que está supervalorizada. Nós estudaremos isso durante as negociações", explicou.

Além de terem sofrido uma forte queda na Bolsa, os títulos da British Airways perderam força devido à desvalorização da libra esterlina em relação ao euro.

No início das negociações para a fusão das companhias, em julho do ano passado, a valorização na Bolsa de ambas sugeria um lastro para o intercâmbio de ações de 65% da British Airways e de 35% para a Iberia.

Com o valor atual das ações dos dois grupos, no entanto, o lastro mudou para 49,6% da British Airways e 50,4% da Iberia.

A empresa britânica valia 1,69 bilhão de libras (1,79 bilhão de euros, 2,3 bilhões de dólares) ao fim do pregão de sexta-feira, menos que os 1,72 bilhão de libras (1,83 bilhão de euros, 2,34 bilhões de dólares) pelos quais estava avaliada a Iberia.

Walsh disse que não está "de modo algum preocupado" se a fusão não se concretizar. "Abandonarei o projeto se ele não fizer mais sentido. Não sinto nenhuma pressão", garantiu.

lgo/ap

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG