Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Queda da receita provoca déficit nas contas do governo

O governo central (Tesouro Nacional, Previdência Social e Banco Central) teve déficit de R$ 4,3 bilhões em suas contas no mês passado, segundo informou a Secretaria do Tesouro Nacional (STN). Foi o pior resultado mensal da série histórica da STN, iniciada em janeiro de 1997, sem considerar os meses de dezembro, quando normalmente ocorre déficit por causa da concentração de gastos.

Agência Estado |

Foi o primeiro resultado negativo deste ano. Apenas para comparar, em novembro de 2007, houve um superávit de R$ 4,5 bilhões.

A principal razão para o déficit foi a forte queda da arrecadação federal em novembro, em virtude da desaceleração da economia brasileira provocada pela crise internacional. A receita bruta do Tesouro Nacional caiu R$ 10,1 bilhões, de acordo com o relatório da STN. Em outubro, a arrecadação ficou em R$ 53,87 bilhões e, no mês passado, em R$ 43,74 bilhões - uma redução de 18,8%.

O secretário do Tesouro Nacional, Arno Augustin, afirmou que o resultado obtido pelo governo central no mês passado está absolutamente dentro da programação e não afetará o superávit primário previsto para este ano. Ele admitiu que a queda da receita impactou o resultado do mês, mas preferiu destacar fatores específicos pelo lado das despesas que contribuíram para o déficit.

Segundo Augustin, em novembro houve um pagamento de R$ 782 milhões aos Estados referente à lei Kandir, um acréscimo de R$ 2,4 bilhões nos gastos da Previdência Social e elevação das despesas com pessoal em R$ 2 bilhões, em razão do pagamento do 13º salário para os servidores dos Poderes Legislativo e Judiciário. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Leia mais sobre arrecadação

Leia tudo sobre: arrecadação

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG