SÃO PAULO - A australiana Qantas Airways recebeu neste fim-de-semana o primeiro dos 20 superjumbos A380 que adquiriu da européia Airbus. A companhia também anunciou ter fechado um contrato de US$ 575 milhões com a Rolls-Royce, que irá fornecer os motores dos aviões.

"Estamos satisfeitos em expandir ainda mais nosso relacionamento com a Rolls-Royce. O (motor a jato) Trent 900 é uma opção economicamente efetiva, operacionalmente eficiente e com baixo ruído e emissões reduzidas para nossa frota de A380", afirmou o executivo-chefe da companhia, David Cox.

O Trent 900 é a maior turbina já projetada e construída pela Rolls-Royce. Ainda assim, a fabricante afirma que o motor foi desenhado para reduzir seu impacto ambiental.

"Além de atender especificações de eficiência no uso de combustíveis, o Trent 900 tem a mais baixa taxa de emissões (entre os motores certificados) para o A380, e portanto vai oferecer à Qantas uma economia operacional superior em suas rotas de longa distância, para as quais esse avião foi desenvolvido", afirmou o vice-presidente de Clientes da Rolls-Royce, Nick Devall.

Segundo a Rolls-Royce, o Trent 900 foi escolhido por dez das 13 companhias aéreas que adquiriram o A380.

"(José Sergio Osse | Valor Online)"

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.