Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Puxadas por bancos, bolsas européias fecham em baixa

SÃO PAULO - As principais bolsas européias fecharam em baixa hoje, diante da forte queda das ações do setor financeiro. Além de reagirem à decisão do Senado norte-americano de barrar o plano de socorro às montadoras dos EUA, os agentes repercutiram também perdas adicionais com marcação a mercado de ativos anunciadas pelo banco britânico HBOS.

Valor Online |

Em Londres, o FTSE-100 caiu 2,47%, para 4.280,35 pontos. O DAX-30, de Frankfurt, recuou 2,18%, a 4.663,37 pontos. Na Bolsa de Paris, o CAC-40 perdeu 2,8%, atingindo 3.213,60 pontos.

A baixa contábil de 5 bilhões de libras anunciada pelo HBOS, 70% maior que a estimada há dois meses, azedou o humor dos investidores. As reduções nos valores dos ativos tinham rareado nas últimas semanas, levando os investidores a acreditar que novos ajustes deste tipo no balanço seriam residuais daqui para frente. Os papéis do HBOS caíram 23% e arrastaram junto as do Lloyds, que recuaram 17,8%. Em assembléia realizada hoje, os acionista do HBOS aprovaram a venda da instituição para o Lloyds.

Os outros bancos não escaparam do movimento de baixa. As ações do Santander, que anunciou demissão de 1,9 mil no Reino Unido, caíram 4,3%, os papéis do UBS cederam 8,5% e os do Royal Bank of Scotland recuaram 15,1%.

Com a notícia do fracasso do plano de resgate das montadoras norte-americanas, os papéis da Daimler caíram 4,2% e os da BMW perderam 2%
(Valor Online, com agências internacionais)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG