A suspensão do fornecimento de gás russo via Ucrânia para a Europa causou uma perda de quase 800 milhões de dólares ao gigante do gás russo Gazprom, declarou neste domingo o primeiro-ministro, Vladimir Putin, citado pelas agências russas.

"Nos últimos dias de suspensão das entregas via Ucrânia, a Gazprom teve prejuízos de aproximadamente 800 milhões de dólares. A Gazprom teve de parar o funcionamento de mais de 100 poços", declarou em entrevista ao canal de televisão alemão ARD, indicaram as agências russas.

"Além disso, isso prejudica sua imagem", acrescentou.

ahe/lm

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.