Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Putin diz que pode estudar novas garantias a correntistas

Moscou, 20 out (EFE).- O primeiro-ministro da Rússia, Vladimir Putin, afirmou hoje que o Governo está disposto a estudar novas garantias para os correntistas russos caso seja necessário.

EFE |

"Já garantimos a integridade dos depósitos até 700 mil rublos (US$ 26,8 mil)", disse Putin, citado pela agência "Interfax", em reunião do Conselho Consultivo para Investimentos Estrangeiros.

Putin destacou que essa categoria de garantias estatais cobre os depósitos da grande maioria dos cidadãos russos.

"Sem dúvida, cumpriremos todas as nossas obrigações, e se for necessário, examinaremos medidas adicionais de respaldo", afirmou.

O primeiro-ministro disse que a Rússia "levou em consideração os riscos e ameaças potenciais ao planejar sua economia e sistema financeiro" e acrescentou: "Nós éramos criticados por excesso de conservadorismo, mas isso se mostrou justificado".

Putin admitiu que os problemas na economia mundial também afetam a Rússia, que, segundo o primeiro-ministro, se encontra entre os quatro países mais influentes no crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) mundial.

"O Governo da Rússia busca respostas para estes desafios globais e as encontra", concluiu. EFE bsi/wr/jp

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG