A resolução do Conselho Nacional de Política Energética (CNPE) estabelecendo o mínimo de 5% de adição de biodiesel ao óleo diesel comercializado ao consumidor final foi publicada no Diário Oficial da União (D.O.

U.) de hoje. O B5, que estava previsto em lei para começar a vigorar em 2013, será obrigatório em todo o território nacional a partir de 1º de janeiro do ano que vem, conforme anunciou o presidente Luiz Inácio Lula da Silva na última sexta-feira.

De acordo com o CNPE, a medida considera que o biodiesel possibilita a redução da importação de diesel derivado de petróleo, com efetivos positivos na balança comercial. A capacidade de produção de biodiesel instalada no País é suficiente para atender à elevação do porcentual de adição de 4% para 5%. Essa adição não exigirá alteração dos motores e da frota veicular em circulação. Com informações da Agência Brasil.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.