Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

PT vai recorrer contra decisão do TRE-SP que suspendeu propaganda

SÃO PAULO - Por meio de nota, o diretório estadual do PT avisou que vai recorrer da decisão da Justiça Eleitoral de São Paulo que suspendeu hoje a propaganda partidária em que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva enaltece a ministra da Casa Civil e pré-candidata ao Palácio do Planalto, Dilma Rousseff. Na peça de 30 segundos, veiculada desde a última sexta-feira, Lula afirmou que Dilma é mineira, mas tem a cara de São Paulo. O desembargador Alceu Penteado Navarro, do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-SP) entendeu que a propaganda ultrapassa os limites do artigo 45 da lei dos partidos, uma vez que faz promoção eleitoral ao invés de divulgar os ideais da legenda.

Valor Online |

As emissoras já foram notificadas da decisão e as inserções devem ser retiradas do ar ainda hoje. Apesar disso, o PT poderá substituir a propaganda por outra. O diretório estadual lembra que foram produzidos, ao todo, três filmes, sendo os outros dois com a participação do senador Aloizio Mercadante e da ex-prefeita e ex-ministra, Marta Suplicy. Esses continuam sendo veiculados nos dias 17 e 19.

As eleições no Estado de São Paulo, maior colégio eleitoral do país, serão determinantes para as pretensões de Dilma chegar à Presidência nas eleições de outubro.

(Fernando Taquari | Valor)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG