Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Protestos em aeroporto de Bangcoc afetam milhares de passageiros

Bangcoc, 25 nov (EFE) - Milhares de passageiros, a maioria deles turistas, foram afetados hoje pelo cancelamento dos vôos de saída do aeroporto internacional de Bangcoc, após centenas de manifestantes antigovernamentais terem invadido o terminal, indicaram fontes oficiais. O cancelamento temporário de vôos de saída foi adotado pelo diretor do aeroporto de Suvarnabhumi, Serirat Prasutanon, por razões de segurança, mas a chegada de vôos não registrou grandes alterações. A maioria dos trabalhadores das companhias aéreas abandonou a sala de check in quando os manifestantes da Aliança do Povo para a Democracia invadiram o terminal com paus e outros objetos. Foi vergonhoso ver o pessoal sair correndo, disse à Agência Efe um turista britânico. O diretor do aeroporto não quis divulgar o número de vôos que foram cancelados, enquanto a companhia estatal Thai Airways informou que tinha suspendido pelo menos 20 internacionais e outros 20 nacionais. No terminal, muitos passageiros tentavam dormir nas cadeiras do saguão, ou inclusive sobre as esteiras rolantes que transportam malas. Pelo moderno terminal do aeroporto andavam centenas de seguidores da Aliança do Povo para a Democracia com paus. Soldados das forças de segurança apenas olhavam a cena, como pôde constatar a Efe.

EFE |

Os manifestantes aguardam a chegada do avião no qual viaja o primeiro-ministro Somchai Songsawat, a quem exigem que renuncie.

"Pressionamos o Governo durante quase dois dias, mas não ocorreu nada, por isso precisamos dar mais um passo em nossa campanha, fechando o aeroporto, que servirá para que o mundo saiba o que a Tailândia enfrenta", disse Sondhi Limthongkul, que detém vários veículos de comunicação locais e um dos líderes dos protestos. EFE grc/db

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG