Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Protesto de funcionários da Pluna pode afetar vôos para o Brasil

Montevidéu, 10 nov (EFE) - O sindicato de trabalhadores da companhia de aviação uruguaia Pluna analisa a possibilidade de atrasar os vôos para Brasil, Argentina, Chile e Paraguai como forma pressionar por melhores salários, informaram hoje fontes sindicais.

EFE |

"Não queremos atentar contra a temporada de praias que está para começar, mas a situação nos obriga a tomar medidas", destacou o dirigente do sindicato de trabalhadores da Pluna, Fernando Alberti.

Os trabalhadores analisam a possibilidade de começar os atrasos na saída dos vôos a partir de 17 de novembro, caso não se chegue a uma solução antes.

Amanhã, uma delegação sindical será recebida pelos integrantes da Comissão de Legislação e Trabalho do Parlamento e na sexta-feira os manifestantes se reunirão com o ministro de Turismo e Esporte, Héctor Lescano.

Além disso, os trabalhadores da Pluna estão em contato com autoridades do Ministério do Trabalho e Seguridade Social na busca de uma solução.

Na semana passada, depois de quase cinco meses, terminou a rodada de negociação nos Conselhos de Salários, que inclui representantes de empresas e sindicatos com a mediação oficial, mas os trabalhadores da Pluna não chegaram a um acordo. EFE jf/db

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG