Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Proibição de venda de ações a descoberto nos EUA acaba na quarta

SÃO PAULO - A partir de quinta-feira os investidores poderão voltar a fazer venda de ações a descoberto de uma lista de centenas de instituições financeiras nos Estados Unidos. De acordo com comunicado divulgado nesta semana pela Securities and Exchange Commission (SEC), a comissão de valores mobiliários dos EUA, a suspensão destas operações acabaria três dias após a conversão do pacote de ajuda ao sistema financeiro em lei.

Valor Online |

Na tarde de hoje, a câmara dos deputados dos EUA aprovou o pacote com 263 votos favoráveis e 171 contrários. Como já havia passado pelo senado, a lei foi encaminhada diretamente ao presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, que a sancionou poucas horas depois.

A venda a descoberto serve para lucrar com a queda dos papéis. Quando apostam na baixa de uma ação, os investidores podem alugar o papel de um outro aplicador e vendê-lo no mercado, com a expectativa de poder recomprá-lo no futuro a um preço menor, devolvendo a ação alugada e embolsando a diferença.

Vale ressaltar que continuarão proibidas as vendas a descoberto "peladas", ou seja, quando o investidor faz a venda sem antes ter alugado os papéis, ou sem sequer ter a intenção de fazê-lo.

(Valor Online)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG