Tamanho do texto

Os produtores rurais da Argentina vão entrar em greve novamente a partir de sexta-feira, informaram os líderes das quatro maiores entidades agrícolas do país. No sexto dia da paralisação, em 8 de outubro, eles voltarão a se reunir para definir a continuidade ou não do movimento.

A partir da sexta-feira, os produtores não vão vender ou comprar grãos e gado vivo, mas não bloquearão as estradas, como fizeram durante as paralisações realizadas no início deste ano.

O presidente da Sociedade Rural Argentina (SRA), Hugo Biolcoti, disse que a venda de produtos provenientes das áreas agrícolas que vivem uma forte estiagem neste ano não serão bloqueadas. O motivo do protesto é o mesmo das greves anteriores: os produtores criticam as altas taxas cobradas sobre as exportações de produtos agrícolas, assim como as limitações ao embarque de produtos como carne bovina, milho e trigo. As informações são da Dow Jones.

Leia mais sobre Argentina

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.