Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Produtores de algodão do MT cobram pagamento de R$ 500 mi do Pepro

Brasília, 23 - Os produtores de algodão do Mato Grosso pediram hoje a liberação de R$ 500 milhões dos valores arrematados em leilões de Prêmio Equalizador Pago ao Produtor (Pepro), cujo pagamento está previsto para este ano. Do total de R$ 540 milhões programados, R$ 40 milhões já foram pagos, informou em nota o Ministério da Agricultura.

Agência Estado |

A reivindicação foi apresentada pelo setor ao secretário de Política Agrícola do ministério, Edílson Guimarães, e ao diretor de Programas da secretaria executiva da pasta, Gerardo Fontelles, que se encontram no Mato Grosso para avaliar os efeitos das medidas anunciadas pelo governo nos últimos dias para elevar a oferta de crédito rural.

Hoje, os técnicos se reuniram com produtores na sede da Associação Mato-grossense dos Produtores de Algodão (Ampa), em Cuiabá. De acordo com Guimarães, por problemas na documentação comprobatória da venda do produto, a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) não liberou o restante dos recursos. "As informações que recebemos da Conab é que a situação foi normalizada e o Pepro poderá seguir com mais agilidade", disse.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG