Tamanho do texto

O diretor-executivo da União da Indústria de Cana (Unica), Eduardo Leão, espera "para os próximos dias ou semanas" o anúncio, pelo governo, do valor da linha de crédito para o setor. Em 2009, foram R$ 5 bilhões, mas a liberação demorou em relação ao início da safra e a taxa de juros de 11,25% ao ano foi considerada alta.

O diretor-executivo da União da Indústria de Cana (Unica), Eduardo Leão, espera "para os próximos dias ou semanas" o anúncio, pelo governo, do valor da linha de crédito para o setor. Em 2009, foram R$ 5 bilhões, mas a liberação demorou em relação ao início da safra e a taxa de juros de 11,25% ao ano foi considerada alta. Segundo Leão, esse crédito pode ajudar a estabilizar os preços do etanol.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.