Porto Alegre, 11 - O Banco do Brasil liberou R$ 500 milhões em Empréstimos do Governo Federal (EGFs) para apoiar a comercialização da safra 2008/09 de arroz no Rio Grande do Sul. A colheita da safra gaúcha ganha ritmo a partir do começo de março, quando naturalmente a maior oferta de produto deve causar alguma retração de preços.

No entanto, o volume em oferta deve ser atenuado pelo financiamento do EGF, calculou o presidente da Federação das Associações de Arrozeiros do Estado (Federarroz), Renato Rocha, permitindo ao produtor pagar compromissos e distribuir melhor a venda do grão.

A safra gaúcha está estimada em 7,043 milhões de toneladas pela Emater. Se for confirmada, ficará 3,85% abaixo da obtida no ano passado. A área aumentou 1,44%, mas a produtividade deve ficar 5% menor. A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) calcula a produção do Estado em 7,606 milhões de toneladas, o equivalente a 61,6% da colheita nacional.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.