Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Produção industrial dos EUA caiu 1,1% em agosto

WASHINGTON - A produção das fábricas, minas e serviços públicos dos EUA caiu 1,1% em agosto, a maior queda da atividade industrial desde a passagem do furacão Katrina, há três anos, informou hoje o Federal Reserve (Fed, banco central americano). A redução foi pior que o 0,3% esperado pela maioria dos analistas.

EFE |

Acordo Ortográfico

A produção industrial caiu 1,5% em um ano, e 2% desde janeiro. A produção industrial é um dos quatro indicadores mais importantes usados para um diagnóstico da evolução econômica.

A queda na produção de veículos automotores representou quase a metade da redução da atividade industrial em agosto. Segundo o Fed, excluindo os veículos e autopeças, a produção industrial caiu 0,6% no mês passado.

A produção fabril caiu 1% em agosto. A produção das minas diminuiu 0,4% e a das unidades de serviços públicos, 3,2%.

A utilização da capacidade instalada, que é uma medida-chave das pressões inflacionárias no setor industrial, caiu um ponto percentual e ficou em 78,7%, o nível mais baixo em quase quatro anos.

A utilização da capacidade fabril caiu para 76,6%, quase três pontos percentuais abaixo da média de longo prazo e o nível mais baixo em quatro anos.

Leia mais sobre a produção industrial norte-americana

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG