SÃO PAULO - A produção da indústria paulista deve avançar 5% em fevereiro em relação ao mês anterior, com ajuste sazonal, conforme o Sinalizador da Produção Industrial (SPI) calculado pela Fundação Getulio Vargas (FGV) em parceria com a AES Eletropaulo. Ainda na base mensal, mas sem ajuste sazonal, a estimativa é de que a atividade fabril paulista tenha elevação de 2,6% em fevereiro.

Perante o segundo mês de 2008, é esperada queda de 12,8% na produção industrial de São Paulo, seguindo recuo de 18% em janeiro no confronto com um ano atrás. Em 12 meses, deve haver expansão de 1,1%, o que implicaria o menor nível desde fevereiro de 2004, quando a produção das fábricas caiu 0,3%.

O indicador tem como principal base a carga total de energia elétrica distribuída pela Eletropaulo no período em questão. A ideia é que o SPI possa mostrar as tendências da produção industrial do estado cerca de um mês antes do resultado oficial, que é divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Além da carga total de energia, o indicador é composto por outras variáveis, como o índice da Pesquisa Industrial Mensal (PIM) do IBGE, dados de temperatura, taxa de juros e produção de automóveis.

(Com informações do Valor Online)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.